Vigo Clima
 
...

Destaque

No estado de emergência em que o País se encontra, as farmácias estão confrontadas com o maior desafio da sua história, com milhões de portugueses impedidos de se deslocarem às suas farmácias, por razões de Saúde Pública.

As restrições à liberdade de circulação de pessoas, o confinamento e isolamento social, quebraram o modo tradicional de relacionamento próximo entre os doentes e as farmácias.

Fazemos tudo o que está ao nosso alcance, cumprindo a lei, para implementar soluções que continuem a garantir o acesso de todos os portugueses aos medicamentos.
Se os portugueses não podem ir às farmácias, por razões que todos compreendemos, as farmácias têm que ir até eles, aos seus domicílios, cumprindo a missão de serviço público que nos é confiada.

Por isso, foi alargado a nível nacional o número 1400, para que, em igualdade de circunstâncias, todos os utentes de Portugal possam chegar à sua farmácia e à medicação que necessitam.

Através deste número, dos e-mails e contactos de cada farmácia, e também da app e do site www.farmaciasportuguesas.pt, as pessoas poderão planear melhor a sua ida à farmácia e nós planearmos melhor a entrega do que os nossos utentes precisam.

A entrega de medicamentos ao domicílio é agora uma realidade.